Orquestra Sinfónica Portuguesa e Coro do Teatro Nacional de São Carlos - Cavalleria Rusticana

Tome nota

O evento “Orquestra Sinfónica Portuguesa e Coro do Teatro Nacional de São Carlos – Cavalleria Rusticana” acontece em 4 dias

Cavalleria rusticana

Cavalleria rusticana (em português, Cavalheirismo rústico) é uma ópera em um ato de Pietro Mascagni, estreada a 17 de maio de 1890, em Roma. Baseia-se numa novela com o mesmo título de Giovanni Verga e é geralmente considerada como a mais importante primeira obra do verismo, movimento que na ópera italiana foi o equivalente ao realismo ou naturalismo literário, pois procurava ilustrar a realidade social nua e crua, sem o filtro do amor que os românticos impunham como motor e visão do mundo.

A ação decorre numa aldeia da Sicília e nela se desenrola uma sangrenta história de ciúme e morte, temperada com algumas das características que o movimento realista procurava ilustrar, como fenómenos de religiosidade exacerbada, descontrolo emocional, atraso civilizacional. Aqui está patente uma visão puramente carnal, violenta e desapaixonada do amor. Conta-nos a história de Santuzza, que vive amancebada com Turiddu. Este interessa-se por Lola, casada com Alfio, cujos desejos a levam a cometer adultério. Santuzza, enlouquecida pelo ciúme e para se vingar, revela o facto a Alfio. Este, resumidamente, desafia Turiddu para um duelo e mata-o à facada para vingar a honra.

A ópera, de um dramatismo quase linear, contém um enorme apelo melódico que todos os públicos continuam a sentir. Os músicos na viragem dos séculos XIX para XX , saudaram-na como novidade. Quando surgiu, de facto, foi considerada “moderníssima” e acolhida entusiasticamente. Vianna da Motta, por exemplo, que assistiu em 1891 a uma récita da obra na Alemanha (um ano após a estreia mundial) considerou-a um salutar contraponto ao “envelhecido” Verdi, tendo deixado escrito: «Finalmente, começou uma nova época na ópera, finalmente, apareceu algo de novo, original, livre de imitação. Finalmente, a descoberta de novas terras, finalmente, uma nova constelação.»

Orquestra Sinfónica Portuguesa e Coro do Teatro Nacional de São Carlos - Cavalleria Rusticana, próximas datas

Sexta-feira, 26 de Julho de 2024 às 21:30

Sábado, 27 de Julho de 2024 às 21:30

As datas e horários apresentados podem sofrer alterações sem aviso prévio

Orquestra Sinfónica Portuguesa e Coro do Teatro Nacional de São Carlos - Cavalleria Rusticana, localização